Muriel não joga mais este ano pelo Fluminense (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Depois de um começo irregular, com falhas diante de São Paulo e Internacional, Muriel virou a chave e vive excelente momento no Fluminense. Com o goleiro, inclusive, o aproveitamento tricolor no Campeonato Brasileiro quase dobrou. Está certo que não é unicamente por conta dele, mas, de fato, o novo dono da meta é um dos fatores importantes para a ascensão da equipe na competição.

Na soma das partidas com Rodolfo e Agenor, o Fluminense tinha aproveitamento de 25% dos pontos disputados. Após sua entrada, já chegou aos 45%.

Muriel, mais de uma vez, foi eleito por torcedores em votação no Twitter do clube como “Guerreiro da Rodada”. Situação essa que se repetiu após a vitória diante do Botafogo, por 1 a 0, no último domingo. A partida de maior destaque do goleiro, no entanto, foi a vencida diante do Fortaleza, também por 1 a 0, no Castelão. Na ocasião, fechou o gol com brilhantes intervenções.


Ao todo, “Muroel”, como vem sendo chamado por tricolores, disputou 12 partidas no Brasileiro. Levou 15 gols. A média é de um sofrido a cada 72 minutos. Rodolfo foi superado por atacantes adversários em 11 ocasiões. Já Agenor foi vazado oito vezes.

Muriel e Agenor até têm números parecidos nesta questão. O antigo titular tinha média de um gol sofrido a cada 73 minutos, mas o aproveitamento da equipe com ele foi menor, ficando em 33%.