Flu não quita salários atrasados e corre risco de processo

Flu não quita salários atrasados e corre risco de processo

peter1O Fluminense tinha a expectativa de pagar até esta segunda-feira mais um mês de salários para funcionários e atletas que recebem acima de R$ 5 mil utilizando um adiantamento das receitas dos associados e um empréstimo bancário impedindo, desta forma, o terceiro mês de atraso para a categoria. Entretanto, a estratégia acabou malsucedida.

Os dirigentes correm para quitar o débito o mais rapidamente possível, já que está previsto por lei, que a partir do terceiro mês de atraso salarial, os funcionários podem solicitar rescisão indireta via Justiça e ainda processar o Flu por danos morais.

No Fluminense, existe a quase certeza de que nenhum funcionário solicitará a dispensa, já que grande parte dos vencimentos é pago pela Unimed. No mais, além do empréstimo bancário, o Flu ainda tem a expectativa da presidente Dilma Rousseff sancionar o Refis da Crise, medida provisória que permite o clube voltar a Timemania e que possibilitaria ao Tricolor resolver a asfixia financeira definitivamente.


Sem comentários