Lagardère estava confiante em finalizar a compra da concessão do Maracanã nos próximos dias

A cada capítulo envolvendo o Maracanã uma nova polêmica. E a nova concessão do estádio pode parar na Justiça. Como o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, parece estar decidido a iniciar um novo processo licitatório, a Lagardère, que estava em vias de fechar o negócio com a Odebrecht e assumir a gestão do complexo, estuda uma medida judicial

Isso porque a Lagardère afirma ter cumprido todas as regras criadas pelo próprio Governo do Rio nos últimos 11 meses de processo para comprar a concessão. Assim, pode tentar exigir finalizar a compra ou receber uma indenização.

Empresários da Lagardère estão no Brasil para assinar acordo com a Odebrecht, tamanha era a confiança no fechamento dos negócios nos próximos dias. A empresa, inclusive, está finalizando uma vistoria no Maracanã para saber os reparos a serem feitos no local.