(Foto: Lucas Merçon/FFC)

Baseado nos balanços divulgados pelos clubes referentes às contas do ano passado, o jornalista Jorge Nicola apresentou em seu blog no site “Yahoo” o ranking dos que mais lucraram com programas de sócios-torcedores em 2019. O Fluminense faturou R$ 5,3 milhões e ficou na 13ª posição. Os destaques neste sentido são os gaúchos. O Grêmio é o primeiro, com R$ 75 milhões. O Inter, com R$ 74 milhões, vem em segundo.

Veja o top-15:

1º Grêmio: R$ 75 milhões
2º Inter: R$ 74 milhões
Flamengo: R$ 61 milhões
Palmeiras: R$ 46 milhões
Vasco: R$ 36 milhões
Athletico: R$ 26,4 milhões
7º Bahia: R$ 19,3 milhões
Fortaleza: R$ 18,6 milhões
Corinthians: R$ 13 milhões
10º São Paulo: R$ 9,5 milhões
11º Santos: R$ 9 milhões
12º Botafogo: R$ 6 milhões
13º Fluminense: R$ 5,3 milhões
14º Ceará: R$ 2,4 milhões
15º Goiás: R$ 1 milhão