(Foto: Divulgação/FFC)

A demora para o anúncio do telão em Laranjeiras para a final da Libertadores, no próximo dia 4 de novembro, tem uma explicação. De acordo com o repórter Victor Lessa, o Fluminense ainda tenta a liberação do evento junto à Conmebol, que tende a negar o pedido do clube.

A entidade vetou um evento semelhante que o Fortaleza estava programando para a final da Copa Sul-Americana. Por conta própria, o governo do Ceará “bateu de frente” com a entidade e anunciou um evento público, não organizado pelo clube.


A menos que o governo ou a prefeitura entrem no circuito, hoje, são remotas as chances do Fluminense conseguir a liberação do telão em Laranjeiras, algo que foi recorrente durante a campanha da Libertadores, mas que não deve ocorrer na decisão.