Crea-RJ cria comissão para analisar falhas no Engenhão

Crea-RJ cria comissão para analisar falhas no Engenhão

Engenhão: 1 ano e meio sem jogos

Fechado pouco mais de sete anos depois de sua abertura, o Engenhão continua sendo tema constante. Criado com status de “um dos estádios mais modernos do mundo”, o palco apresentou problemas graves na cobertura, que poderiam colocar em risco a vida de muitos torcedores. Dentro deste contexto, o Crea-RJ (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio de Janeiro) formou uma comissão para determinar responsabilidades e possíveis falhas no exercício profissional em relação à construção do Engenhão.

O Conselho baseia-se em relatórios de acompanhamento de fiscalização da atividade profissional, que identifica os engenheiros envolvidos na construção do estádio, o Crea-RJ tomará todas as medidas legais e possíveis para definir responsabilidades e, se for o caso, aplicar as devidas sanções.

Além de punir os possíveis culpados, o Crea-RJ admite que precisará da ajuda de conselhos regionais de outros estados para que a penitência não ocorra apenas com os profissionais do Rio de Janeiro, mas de todo o Brasil.

No que diz respeito aos profissionais com registro no Crea-RJ, vamos apurar responsabilidades”, disse o presidente Agostinho Guerreiro.