(Marcelo Gonçalves - FFC)

Após algumas falhas cometidas no início da partida, o zagueiro Marlon foi vaiado por parte da torcida do Fluminense na vitória sobre o Goiás, por 5 a 3, em Volta Redonda. Quando o Tricolor ainda perdia por 2 a 1, o zagueiro chegou a marcar um gol, mas o lance foi invalidado. Mesmo assim, se envolveu em polêmica.

Criado em Xerém, o atleta comemorou fazendo gesto de silêncio aos torcedores, por conta das críticas. Os ânimos foram apaziguados em seguida por Felipe Melo e o próprio Marlon reconheceu o erro e pediu desculpa à torcida logo depois. Em entrevista, o técnico Fernando Diniz falou sobre o episódio ocorrido com o defensor.


– O ideal é que não aconteça, mas em alguns casos raros, como o de hoje, acontece e ele teve a reação e a aceitação da torcida ficou melhor do que se não tivesse acontecido nada. Muito pelo fato de ser cria de Xerém, jogador muito identificado com o torcedor, um grande jogador e que fez uma grande partida. Ele tem jogado bem sequencialmente. O ideal é que não se faça esse tipo de gesto porque a gente tem que aceitar, escutar e jogar bem para poder entregar as vitórias que eles querem – disse Diniz.