(Foto: Lucas Merçon)

A diretoria do Fluminense trabalha para pagar um dos meses de salários atrasados da CLT dos jogadores antes do jogo decisivo diante do Cruzeiro nesta quarta-feira pela Copa do Brasil. A priorização aos atletas, porém, não caiu bem dentro do clube e causou uma insatisfação por parte dos funcionários, que também estão em atraso e fizeram denúncias de supostas irregularidades.

De acordo com o portal Globoesporte, uma pessoa que não quis se identificar afirmou que, além do não pagamento do salário de abril por parte do clube, os funcionários não estão recebendo vale-transportes e não estão conseguindo bater o ponto.

– Estamos sem receber três salários. Estou com as contas atrasadas e não sei mais como fazer… Não temos como provar o nosso ponto. Quem garante que quem entrar sábado vai pagar os salários atrasados. Como vamos trabalhar com essa dúvida? – disse um funcionário que não quis se identificar.

Atualmente, o Fluminense tem as seguintes pendências com funcionários e jogadores:

  • Mês de março de CLT para quem ganha acima de R$ 5 mil
  • Mês de abril de CLT
  • 13º salário de 2018
  • Férias de 2018
  • Direitos de imagem de janeiro, fevereiro, março e abril (apenas alguns jogadores recebem direitos de imagem)