Foto: Nelson Perez
Foto: Nelson Perez

A possibilidade de Dorival Júnior seguir no Fluminense, mesmo com seus 66% de aproveitamento, é quase nula. No que depender do treinador, entretnto, ele fica. Mas tudo dependerá, inicialmente, da permanência ou não de Rodrigo Caetano na direção do futebol.

– O contexto não deu certo. Problemas em dirigir o time na Segunda Divisão? De jeito nenhum. Mas antes de qualquer coisa, tem que ver se este aqui continua – disse Dorival, no voo de volta para o Rio de Janeiro, apontando para Rodrigo Caetano:

– Já temos um histórico na Série B – brincou o executivo, fazendo Dorival sorrir.


Sem comentários