E fez-se a luz no Maracanã rubro-negro tricolor

E fez-se a luz no Maracanã rubro-negro tricolor

“Brilha como o sol da manhã, qual a luz do redentor, salve o tricolor”. Muitas vozes juntas, torcedores unidos, todos por um objetivo: celebrar o gol do Fluminense, que deu início a vitória diante do Flamengo na reabertura do Maracanã. Os termômetros marcam 33 graus, o placar eletrônico anuncia 70 mil pessoas anestesiadas com a devoção pelos clubes. Metade rubro-negra, metade verde, branca e grená. Mas o título a ser comemorado era outro.

Para continuar lendo esta epopeia, clique aqui.