Eduardo Baptista se anima com evolução defensiva do Fluminense

Eduardo Baptista se anima com evolução defensiva do Fluminense

Cícero atuou mais recuado (Foto: Nelson Perez - FFC)
Cícero atuou mais recuado (Foto: Nelson Perez – FFC)

Se o 0 a 0 não era o placar dos sonhos, a evolução defensiva do Fluminense na partida contra o Grêmio, quarta, pela ida das quartas de final da Copa do Brasil, no Maracanã, a evolução defensiva da equipe serviu para animar Eduardo Baptista. O técnico reconhece necessidade de melhorar ainda mais, mas gostou de ver a marcação por zona feita por Pierre e Cícero, atuando mais recuado.

– Contra a Ponte, fiquei preocupado. Eles entraram muita vezes. Isso me deixou preocupado. E eu sabia que o adversário faria isso. Estávamos perseguindo os meias. A marcação por zona elimina isso. Pierre e Cícero jogaram por zonas. Eu acho que nós tivemos um bom rendimento no sistema defensivo, mas precisamos melhorar ainda mais – disse.


Sem comentários