Comandado por Diniz no Fluminense e na seleção, André conhece bem o treinador (Foto: Joilson Marconne - CBF)

Mesmo interino, Fernando Diniz já se sente cada vez mais à vontade na seleção. Quem garante é André. Volante do Fluminense e presente em todas as convocações, o volante conhece bem o técnico e garante que ele tem, sim, obsessão pela vitória. Não é só o desempenho que conta.

O treinador chegou à terceira convocação no comando da seleção e, assim, na análise de André, já consegue passar melhor aos comandados o seu estilo de jogo.


– Nessa convocação, por estar sendo a terceira, ele já está colocando mais em prática o jeito dele. Até falei aqui na primeira vez que ele ainda estava se soltando, dessa vez ele já está mostrando mais a cara dele, é um treinador obcecado pela vitória. Muita gente fala dele, que ele não liga para o resultado, mas para desempenho. Ele é obcecado pela vitória e tenta colocar o time para jogar bem, tem isso de base, se o time joga bem e está encaixado, estará mais perto da vitória. É isso o que ele sempre passa. Treinar em alto nível, deixar o time bem treinado para competir e estar sempre perto da vitória – disse.