(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Um dos destaques do Fluminense no Campeonato Brasileiro e eleito como a revelação do torneio em 2021, o volante André bateu um papo exclusivo com o NETFLU. Cria de Xerém, comentou sobre a chegada de Felipe Melo ao Time de Guerreiros, sua relação com o técnico Marcão e alegria de ter recebido o prêmio da CBF, mais importante de sua carreira, segundo o próprio.

Confira a entrevista:


NETFLU: Você se destacou como primeiro volante, tanto que conquistou o prêmio de revelação do último Campeonato Brasileiro. Qual foi a sensação?

André: Sim, verdade. Na hora, eu não acreditei. Mas, graças a Deus, pude estar ganhando esse prêmio muito importante para a minha carreira.

NF: E como foi que você ficou sabendo que não seria mais negociado com o CRB e o Botafogo? Antes do Hudson se machucar havia essa possibilidade.

André: Eu já falei muito sobre isso. É um assunto que já ficou no passado.

NF: Você se destacou como primeiro volante no Brasileirão. O Fluminense acabou de contratar Felipe Melo, da mesma posição. Já consegue se imaginar dividindo a função de marcação com ele no meio de campo, mesmo que seja atuando como segundo volante?

André: Felipe Melo é um ídolo, independente de onde atuar. Ele vai me ajudar bastante a evoluir.

NF: Qual foi a importância de Marcão na sua evolução dentro de campo?

André: Marcão foi um cara que me deu uma confiança absurda, ainda mais que ele era da posição. Ele me deu muitas instruções e montou um esquema em que eu me senti muito a vontade.