Em redes sociais, diretores do Fla já justificam perda de Henrique

Em redes sociais, diretores do Fla já justificam perda de Henrique

Henrique deve ir para o Fluminense e não para o Flamengo (Foto: Getty Images)
Henrique deve ir para o Fluminense e não para o Flamengo (Foto: Getty Images)

A provável ida de Henrique para o Fluminense já causa efeitos no Flamengo. Isso porque, em entrevista recente à Rádio Tupi, o técnico Muricy Ramalho chegou a afirmar que o zagueiro estava apalavrado com o rival. Assim, o otimismo tomou conta de rubro-negros em contar com o zagueiro que disputou a última Copa do Mundo pela seleção brasileira. Porém, com as notícias mais recentes de que o defensor se aproximara muito mais do Tricolor, torcedores do Fla iniciaram uma reação em cadeia nas redes sociais cobrando a diretoria pela perda do jogador. E diretores também as usaram para justificar a provável ida do beque para as Laranjeiras.

Vice-presidente de comunicação, Antonio Tabet foi ao Twitter para, sem citar o nome do zagueiro, dar a entender que o negócio não irá para a frente. Mas, em tom defensivo, afirmou também que nunca houve uma confirmação por parte do clube de sua contratação.

– A atual diretoria tem o saudável hábito de não anunciar contratações antes que as mesmas sejam concretizadas. Chama-se responsabilidade. Tais contratações passam pelos profissionais do futebol, do jurídico e do financeiro. Ao departamento de comunicação, neste momento, cabe confirmar ou corrigir qualquer informação. Quando achar necessário. Se algum atleta que a imprensa dá como “praticamente acertado” com o Flamengo não vem para o clube, há duas possibilidades: ou ele nunca esteve “praticamente acertado”; ou o Flamengo não o quis mais. Simples assim – postou Tabet.

Já Claudio Pracownik, vice de finanças, falou de maneira mais genérica na rede social a respeito da política de contratações.

– Esclarecendo: Investimentos em futebol não são exclusivamente em elenco; os recursos previstos estarão disponíveis (caixa) ao longo de 2016. De novo: orçamos R$ 20 mi para contratar. Orçamos R$ 10 mi para vender. E os R$ 10 mi da venda serão utilizados para compras – escreveu.

Veja a sequência de posts de Antonio Tabet justificando a situação:

2

1


Sem comentários