Fluminense conquistou a Primeira Liga (Foto: Mailson Santana - FFC)

Tão logo acabou a partida em que o Fluminense venceu o Atlético-PR por 1 a 0, nesta quarta, em Juiz de Fora, Peter Siemsen e Wellington Silva se abraçaram longamente e comemoraram o título da Primeira Liga no gramado. Presidente e lateral-direito revelaram ter uma história de superação no clube que praticamente se confundem.

– Estou emocionado pelo todo, mas com o Wellington temos uma história. Construímos uma história juntos em momentos difíceis. Teve uma história de Facebook (que apareceu em foto com Vagner Love supostamente torcendo pelo seu ex-clube Flamengo na final da Copa do Brasil), que muitos o perseguiram e queriam que ele saísse. Isso pode acontecer com qualquer um e eu falei que ele não sairia. Falei: “Você vai ficar aqui. Eu conto contigo e confio em você”. Naquela entrevista lá no Bahia (em 2013, quando o time tinha caído para a Série B), ele foi um irmão pra mim. Só consegui dar aquela entrevista difícil por pessoas como ele – recordou.

Wellington Silva não deixou por menos e retribuiu.

– Quando eu mais precisei ele me deu apoio. Só tenho a agradecer a ele e muito – disse rapidamente, pois foi puxado por companheiros para subir ao pódio para a festa da entrega do troféu.