Foto: Fernando Alves / EC Juventude

O zagueiro Vitor Mendes, que pertence ao Atlético-MG e está emprestado ao Fluminense, também é um dos jogadores suspeitos de envolvimento no esquema de manipulação em casas de apostas no futebol brasileiro. A informação foi divulgada pela “Rádio Itatiaia”.

O portal GE teve acesso a novos prints que mostram que o defensor, quando ainda atuava pelo Juventude, em uma partida contra o Fortaleza, recebeu um PIX de R$ 5 mil no dia 21 de outubro da empresa “BC Sports Management”, que tem como sócio Bruno Lopez.


Bruno é apontado como um dos chefes da quadrilha e foi preso preventivamente. Há ainda prints de conversas por “Whatsapp” em que o zagueiro estaria cobrando o pagamento restante do combinado por ter recebido um cartão amarelo no jogo. Confira: