Esquema mantido, improvisação ou dois zagueiros? Saiba como o Flu pode jogar hoje

Treinador tem problemas defensivos

Do meio para frente, o Fluminense não deve ser diferente daquele que empatou com o São Paulo em 1 a 1 no último domingo, no Maracanã. A incógnita está lá atrás. Abel Braga continua sem Ibañez e não terá Gum e Ayrton Lucas neste fim de semana para o compromisso com o Vitória, em Salvador. Na lateral esquerda entra Marlon. Mas na zaga…

Fã do esquema com três centrais, o treinador tricolor, mesmo com desfalques, tem condições de mantê-lo. Contando com Renato Chaves, seu titular absoluto, Abel possui mais três opções para duas vagas: Os recém-chegados Luan Peres e Nathan Ribeiro e Frazan, que participou das duas partidas recentes do Flu.

Na entrevista coletiva de sexta-feira, Abelão deixou no ar mais duas hipóteses. Uma delas é recuar Richard para funcionar como terceiro zagueiro. Desta maneira, Luan, Nathan e Frazan brigaram por um lutar no time e abriria uma brecha no meio-campo. Douglas e Dodi são as principais alternativas.

A outra opção é modificar a tática. Sairia o 3-5-2 para a entrada do 4-1-4-1, com variação para o 4-2-3-1. Assim, Matheus Alessandro ou Robinho teriam mais chances de iniciar o jogo. Veja abaixo as probabilidades:

3-5-2

3-5-2 (com Richard improvisado)

4-1-4-1