Euzébio diz que não havia qualquer problema com Peter

Leandro Euzébio, quando jogador, defendeu o Fluminense entre 2010 e 2014. Bicampeão brasileiro pelo clube, o ex-zagueiro contou como eram as relações do elenco com o presidente à época, Peter Siemsen, e o diretor-executivo de futebol daquele tempo, Rodrigo Caetano.

De acordo com o ex-jogador, ambos tinham boas relações com o grupo, mas o diretor, até pelo ofício, tinha maior proximidade.

— O grupo tinha uma relação boa. Ele sempre se apresentava nas reuniões que a gente marcava. Mas o maior acesso que a gente tinha era com o Rodrigo Caetano, que era diretor. Era excelente pessoa. Mas o Peter não foi nenhum problema – disse em entrevista ao NETFLU.