Eduardo Baptista afirma abrir mão das Séries A e B em troca de um trabalho a longo prazo (Foto: Rodrigo Corsi - Paulistão)

Técnico que comandou o Fluminense de setembro de 2015 a fevereiro de 2016, Eduardo Baptista hoje treina o Mirassol-SP, na Série C do Campeonato Brasileiro. Em nome de um projeto a longo prazo, afirma ter recusado convites oficiais de clubes das Séries A e B.

— Houve alguns convites oficiais das Séries A e B. Vim ao Mirassol decidido a fazer um trabalho e deixar um projeto pronto. Graças a Deus estamos tendo resultados, e sabia que o assédio aconteceria se tivesse esses resultados – relatou.


Com o Mirassol, Eduardo Baptista foi campeão da Série D no ano passado e quarto no Paulista desta temporada.

– Estou tranquilo, nada mais me abala ou me seduz a não ser o projeto que vim fazer aqui. Tenho um compromisso com o Mirassol, com os atletas que trouxe e vamos tocar até o final. É uma decisão mais madura do que tinha no início. Estou feliz aqui, espero continuar conquistando tudo que já conquistei aqui. Temos objetivos audaciosos e chegar no final do ano e entregar esse projeto ao Mirassol e ao torcedor – disse o treinador.

Sua equipe está em quarto lugar no Grupo B da Série C, com sete pontos em quatro jogos (três fora). São duas vitórias, um empate e uma derrota.

No período em que esteve à frente do Fluminense, Eduardo Baptista comandou a equipe em 26 partidas, com oito vitórias, cinco empates e 13 derrotas.