(Foto: Divulgação)

Neste sábado, às 17h, no Maracanã, Palmeiras e Santos fazem a grande final da Taça Libertadores de 2020. De olho em uma vaga para disputar o torneio intercontinental na próxima temporada, o Fluminense estará atento a esse jogo pensando na abertura de um G7 no Brasileirão, o que poderia facilitar a classificação tricolor.

Com isso em mente, o resultado que mais beneficiaria ao Time de Guerreiros seria o título do Palmeiras. Isso porque o alviverde está em 5º lugar, com 52 pontos e tem apenas dois a mais que o Flu, 7º colocado, com 50. Imaginando que dificilmente o Porco sairá do G6 até o final do Campeonato Brasileiro, o G7 já estaria garantido.

O Santos, por sua vez, teve uma queda de rendimento nas últimas rodadas e despencou para a 10ª posição, com 45 pontos. Se for campeão, a tendência é que relaxe na reta final do Brasileirão e não deve mais bater G6, o que seria ruim para o Flu. Vale lembrar que Palmeiras e Grêmio ainda fazem a final da Copa do Brasil, o que praticamente garante mais uma vaga aberta.


Ou seja, em um cenário hipotético, se o Palmeiras for campeão da Libertadores e o Grêmio da Copa do Brasil, ou mesmo o clube paulista faturar os dois títulos, o Brasileirão teria um G8, o que deixaria o Flu em uma posição muito confortável para retornar à Libertadores em 2021 após sete anos sem disputá-la.