(Foto: Divulgação/ACF Fiorentina)

História ainda sem fim. Negociado com a Fiorentina em 2019 por 11 milhões de euros (R$57,4 milhões na cotação atual), depois de se destacar com a camisa do Fluminense, onde foi revelado, o atacante Pedro não é bem visto pela torcida tricolor atualmente. Esse cenário ocorre, sobretudo, pela sua declarada paixão pelo Flamengo, clube que o adquiriu meses depois junto aos italianos. No meio disso, o Fluminense ainda não recebeu tudo o que deveria de ambas as agremiações.

Depois de um período de empréstimo, o Flamengo exerceu a opção de compra pelo jogador no final de 2020, quando pagou 14 milhões de euros (cerca de R$ 73 milhões na cotação atual). O montante será quitado em seis parcelas iguais, se encerrando em 2023, já que são dois pagamentos a cada ano. Beneficiado pelo mecanismo de solidariedade e por ainda ter uma porcentagem do jogador, Flu teria de receber cerca de R$ 10 milhões do rival.

Entretanto, não recebeu integralmente nem a parte da Fiorentina, tampouco a do maior rival. Os pagamentos foram diluídos em parcelas longas. O NETFLU apurou que o clube das Laranjeiras ainda espera R$ 8,1 milhões dos italianos e R$ 1,5 milhão do Rubro-Negro. O balanço financeiro fora divulgado recentemente aos conselheiros. A cúpula tricolor entende que não há necessidade de preocupação quanto ao que ainda entrará no caixa do clube relacionado às negociações de Pedro.