Diretoria não fará loucuras pela permanência de Dodi (Foto: Lucas Merçon - FFC)

A longa novela da negociação do Fluminense para renovar o contrato de Dodi pode se encerrar nesta semana. A diretoria tricolor aguarda no Rio de Janeiro o empresário do volante, Carlos Escuro, que acaba de voltar da Europa, para ouvir dele uma resposta sobre a proposta de extensão do vínculo do jogador. O atual termina no fim do ano. No clube não se fará loucuras para a permanência do atleta.

Depois de virar titular, Dodi é o plano A da diretoria. Seu empresário já esticou o prazo inicial pedido pela diretoria para dar uma resposta sobre a proposta de renovação. O agente deveria dizer sim ou não em setembro. Escuro negou recentemente que esteja fazendo leilão.

Quem estava em situação semelhante e renovou contrato até 2022 foi Luccas Claro. Ele terá dois aumentos. Um imediato e outro na virada do próximo ano. A proposta tricolor para Dodi é nos mesmos moldes.

O volante possui três representantes e, por tê-lo descoberto, Escuro é o principal. Os outros dois são Márcio Bittencourt e Tadeu Cruz. Qualquer decisão tem de passar pelo trio e, segundo o site ge, há algumas divergências entre eles sobre a permanência ou saída do jogador no Fluminense.