(Foto: Divulgação/FFC)

A concessão do Maracanã e as obras de reparo no CT Carlos Castilho estão entre as prioridades do Fluminense. Nesse sentido, em conversa do presidente Mário Bittencourt com o prefeito Eduardo Paes, o Tricolor avançou nesses dois objetivos. O clube pediu apoio à Prefeitura na urbanização da Rua Oscar Cox, de acesso ao CT Carlos Castilho.

A obra em questão consiste não apenas no asfaltamento, mas em toda a infraestrutura, como redes de saneamento e eletricidade, iluminação pública, além de outros elementos. Esse é um requisito importante para que o Centro de Treinamento do Fluminense conte com acesso à rede de energia e não dependa de geradores.

Nesse sentido, o prefeito Eduardo Paes sinalizou apoio e designou uma equipe para tratar do tema da urbanização da via ao lado de uma equipe do próprio clube. Além disso, com relação à concessão do Maracanã também foi assunto em conversa de Mário com o governador Cláudio Castro, no Palácio Guanabara.

Castro reafirmou que apoia que o estádio seja gerido pelos clubes. As diretorias de Flamengo e Fluminense têm se reunido para tratar do tema. O Flu, portanto, está se alinhando com a rival e as autoridades cariocas para seguir utilizando o estádio.