River Plate tem vários jogadores sem vínculos (Foto: Divulgação/assessoria River Plate)

Se a diretoria do Fluminense estiver de olho em reforços nos mercados vizinhos, a Argentina pode ser uma saída. Noticia o site do país “dobleamarilla” que por conta da fragilidade da moeda local, o peso, muitos clubes têm perdido jogadores de graça.

Com a chegada de julho, mais de 50 jogadores de clubes argentinos ficaram sem vínculos e estão livres para assinar contratos de graça com novas casas. O River, por exemplo, viu expirarem os compromissos com o zagueiro Javier Pinola e o volante Leo Ponzio, mas ambos renovarão em breve, também de acordo com o veículo.

Por outro lado, o lateral-direito Jorge Moreira está de saída e o mesmo deve acontecer com o atacante Borré.

No Boca, o atacante Mauro Zárate também está de saída.

Confira a lista dos jogadores dos clubes argentinos ficando sem contratos:

Aldosivi: Nahuel Yeri e Lucas Di Yorio.
Argentinos: Facundo Barboza.
Arsenal: Lucas Necul.
Atlético Tucumán: Javier Toledo, Gustavo Toledo e Matías Alustiza.
Banfield: Mauricio Arboleda, Jonás Gutiérrez e Fabián Bordagaray.
Boca: Julio Buffarini, Emmanuel, Leonardo Jara e Mauro Zárate.
Central Córdoba: Hugo Vera Oviedo e Leonel Caffaratti.
Colón: Gonzalo Escobar e Luis Miguel Rodríguez.
Defensa y Justicia: Eugenio Isnaldo.
Estudiantes: Federico González e Mauro Díaz.
Gimnasia: Víctor Ayala.
Godoy Cruz: Mauro Dos Santos e Wilder Cartagena.
Huracán: Andrés Chávez, Diego Mendoza y Ezequiel Bonifacio.
Independiente: Pedro Pablo Hernández.
Lanús: José Luis Gómez.
Newell’s: Manuel Guanini, Matías Orihuela e Mauro Formica.
Patronato: Gustavo Canto
Platense: Alexis Messidoro e Ignacio Canuto.
Racing: Marcelo Díaz, Agustín Araujo.
River: Rafael Santos Borré, Jorge Moreira, Javier Pinola e Leo Ponzio.
Rosario Central: Joaquín Laso.
San Lorenzo: Mariano Peralta Bauer, Agustín Peralta Bauer, Rufino Lucero, Diego Braghieri, Víctor Salazar y Fabricio Coloccini.
Sarmiento: Facundo Daffonchio.
Talleres: Joel Soñora.
Unión: Nelson Acevedo.
Vélez: Alexander Domínguez, Luis Abram, Pablo Galdames e Hernán De la Fuente.