Flu joga bem, mas sofre gol no fim e perde para o...

Flu joga bem, mas sofre gol no fim e perde para o Coritiba

Fluminense foi superior ao Coritiba durante a maior parte do jogo (Foto: Photocamera)

Abel prometeu e cumpriu. O Fluminense entrou em campo na noite desta quinta-feira no Couto Pereira para jogar de igual para igual com o Coritiba. Porém, isso não foi o suficiente para trazer nem ao menos um empate para casa. Com um gol de Alex no fim, o Tricolor foi derrotado por 2 a 1. Robinho marcou o outro do Coxa. Carlinhos descontou.
Tirando os primeiros minutos, nos quais o Coritiba foi bem superior, o Fluminense jogou muito bem mesmo fora de casa. O começo, porém, foi tortuoso. Maestro do meio de campo adversário, Alex tinha muita liberdade para criar as jogadas. O camisa 10, logo de cara, obrigou Ricardo Berna a fazer grande defesa em cobrança de falta. Logo depois, ele colocou Robinho na cara do gol para marcar o primeiro do Coxa. Atordoado no início, o Tricolor ainda ficou perto de levar o segundo, novamente com Robinho.

Refeito do susto inicial, o atual campeão brasileiro conseguiu colocar em prática aquilo que seu técnico prometera. Botou a bola no chão e jogou. E jogou bem. Wellington Silva e Carlinhos avançavam bem pelos seus lados e, com o auxílio dos laterais, Wágner ganhou espaço para armar as jogadas. O empate veio com Carlinhos, escorando cobrança de escanteio do próprio Wágner.

Sem se acomodar com o empate, o Fluminense continuou pressionando e com mais posse de bola. Wágner, de cabeça, parou em ótima defesa de Wanderlei. O lado esquerdo era o “mapa da mina” no ataque tricolor. Por lá, Sobis ainda faria ótima jogada e deixaria Samuel na frente do gol, mas o atacante demorou para bater e acabou travado. O intervalo trouxe o alívio para o time da casa e também as vaias de seu torcedor, numa prova de que o visitante era melhor em campo.

No segundo tempo, o Time de Guerreiros seguiu ainda melhor que o adversário. Tirando mais uma grande defesa de Berna no jogo em chute cara a cara com Alex, o Fluminense mandou na partida praticamente inteira. Com movimentação constante dos homens de frente, o Tricolor encurralou o Coxa em seu campo de defesa e danou a perder gols. Rhayner, Sobis e Carlinhos tiveram ótimas oportunidades para virar o placar, mas acabaram pecando e parando nas mãos de Wanderlei ou batendo para fora.

Abel ainda colocou Thiago Neves e, posteriormente, Biro Biro para tentar aquele que seria o gol de uma justa vitória. Mas ela não veio. E o pior. No fim, Alex acharia espaço para soltar uma bomba de fora da área e, contando com falha de Ricardo Berna, deu os três pontos que pareciam improváveis para o Coritiba.