Fluminense demite 81 funcionários e economiza R$ 250 mil

Fluminense demite 81 funcionários e economiza R$ 250 mil

Piscina do Fluminense suja; Flusócio reclama de abandono
Piscina do Fluminense suja; Flusócio reclama de abandono

Contenção de gastos. Esta é o lema do Fluminense, que demitiu nada menos do que 81 funcionários desde o mês passado. Setenta e nove cuidavam dos serviços gerais. Assessor especial da presidência, Jackson Vasconcellos explicou as dispensas, que representaram uma economia de R$ 250 mil na folha salarial do clube.

– Foram demitidos funcionários da limpeza, da portaria e da manutenção. Contratamos empresas terceirizadas para fazer o serviço. Sai mais barato para o clube – contou.

Entretanto, de acordo com a Flusócio, grupo político de apoio à gestão Peter Siemsen,  a sede do Tricolor está mal tratada. Vasconcelos garante que isso acontecerá apenas até a adaptação dos novos funcionários. Até abril, mais 12 demissões deverão acontecer nas Laranjeiras. O clube garante estar pagando todas as rescisões corretamente.


Sem comentários