Fluminense pagará mais de R$ 1,7 milhão a Arouca (Foto: Felipe Christ - Photocamera)

O Fluminense chegou a um acordo para quitar dívida milionária com Arouca, jogador formado no clube e que deixou o Tricolor em 2008. O processo corre na Justiça desde 2009.

A juíza substituta Taciela Cordeiro Cylleno, da 28ª Vara do Trabalho do Rio do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região (TRT-1), homologou neste fim de semana o acordo para o Fluminense pagar ao ex-volante R$ 1.742.000,00, parcelado em 36 vezes. O início do pagamento será em outubro deste ano e o término em em setembro de 2024.

As partes acordaram que o atraso de 30 dias corridos de cada parcela não acarretará ônus para o Fluminense. Após o período de 30 dias corridos haverá multa de 15% sobre a parcela em atraso, sem vencimento antecipado das demais parcelas.

Já um atraso superior a 90 dias resultará o vencimento antecipado das parcelas vincendas, com juros e multas aplicados sobre todo o valor da dívida. Consequentemente, o processo na Justiça do Trabalho acabaria reativado, com possibilidades de penhoras.

Arouca atuou pelo Fluminense entre 2004 e 2008. Fez 212 jogos e nove gols. Foi campeão carioca em 2005 e da Copa do Brasil em 2007.