Diretoria monitora jogadores no país e fora(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Apesar de Danilo Barcelos e do próprio Egídio gozarem da confiança do técnico Marcão, o Fluminense está de olho no mercado em busca de lateral-esquerdo. O clube tem monitorado alguns atletas no país e fora, visando reforçar o setor para a próxima temporada.

O NETFLU apurou que a tendência, dessa maneira, é que Egídio não renove, embora o tema só deva ser definido pelas partes em dezembro. O estafe do atleta ainda não foi procurado pelo Fluminense, mas não se preocupa com o futuro, acreditando que o jogador tenha mercado.

Além disso, o lateral-esquerdo Marlon, que vem fazendo bons treinamentos, segundo o técnico Marcão, ainda não foi utilizado. O jogador está longe de ser uma unanimidade internamente e seu destino ainda é uma incógnita.

Por fim, a cúpula de futebol verde, branca e grená entende que Jefté, eleito o melhor lateral-esquerdo do Brasileirão sub-17, conquistado pelo Flu no ano passado, ainda não está pronto para ter chances nos profissionais. Atualmente é reserva de Marcos Pedro no sub-20, que disputa o Brasileiro.