Fora da Liga, Kalil denuncia complô de cinco clubes contra ele

Fora da Liga, Kalil denuncia complô de cinco clubes contra ele

Reunião nas Laranjeiras causou desgaste (Foto: Mailson Santana - FFC)
Reunião nas Laranjeiras causou desgaste (Foto: Mailson Santana – FFC)

Alexandre Kalil anunciou recentemente que deixou a Liga Sul-Minas-Rio. Agora, o ex-presidente do Atlético-MG e ex-diretor executivo do grupo afirma ter sido vítima de um complô feito por cinco clubes. Ele, porém, não cita quem seriam os responsáveis por “puxar o seu tapete”.

– Cinco clubes, que não vou falar quais são, fizeram um complô contra mim. Por isso, estou fora. Conspiração é assim, feita na sombra. Eu fui pego de surpresa. Mas a Liga é de todos nós. Eu torço demais para dar tudo certo – disse, rechaçando qualquer possibilidade de retornar no futuro:

– A chance da minha volta é zero. Não caio em esparrela.

Mesmo sem Kalil revelar nomes, sabe-se que Fluminense, Flamengo e Cruzeiro não gostaram da maneira como ele conduziu, em reunião nas Laranjeiras, uma eleição para transformar Mauro Celso Petraglia em co-presidente (junto a Gilvan Tavares, do Cruzeiro). Peter Siemsen foi um que falou publicamente sobre o assunto.


Sem comentários