Em nota oficial emitida após o clássico, a Fox Sports repudiou o ocorrido com a repórter Karine Alves, que foi assediada por um torcedor do Flamengo na cobertura do Fla-Flu na última quinta-feira, nos arredores do Maracanã (leia na íntegra abaixo). Por sua vez, a vítima foi ao seu Twitter e informou que já tomou providências jurídicas para identificar o torcedor. Confira:



Nota da Fox Sports na íntegra:

“Escalada para fazer a cobertura do jogo entre Flamengo e Fluminense pela semifinal da Taça Guanabara, nesta quinta-feira, dia 14, Karine Alves foi lamentavelmente mais uma vítima do crime de importunação sexual entre profissionais mulheres que trabalham com futebol. A cena de assédio aconteceu enquanto a repórter entrava ao vivo, em frente ao estádio do Maracanã.

O FOX Sports repudia veementemente tal desrespeito sofrido por Karine e lamenta que a repórter tenha passado pelo constrangimento enquanto exercia sua missão, que é de levar informação ao público. A emissora está dando todo o suporte para a profissional e esclarece que as medidas legais cabíveis estão sendo tomadas.

Apoiador da causa #DeixaElaTrabalhar, criada em 2018, o FOX Sports preza pelo respeito ao próximo e se solidariza com todas as vítimas de assédio”.