Gastos em Xerém saem dos cofres apenas pelo Flu, diz dirigente

Gastos em Xerém saem dos cofres apenas pelo Flu, diz dirigente

Ainda em entrevista à Rádio Bradesco, o coordenador geral das categorias de base do Fluminense, Fernando Simone, comentou sobre o investimento em Xerém. Ele valoriza o trabalho realizado pelo presidente Peter Siemsen e a importância que o clube dá a seus futuros craques.

– O Fluminense investe de sete a oito milhões de reais por ano. Sai do caixa do clube, pois o presidente entende a real importância da base. (O Fluminense) Não é o que mais investe no Brasil, mas o principal é o trabalho lá em baixo. Somos um dos poucos clubes do Brasil a ter sub-11, sub-13.