Em 2 de agosto de 1952, o Fluminense era manchete. O empate com o Corinthians por 2 a 2 no Maracanã, após a vitória por 2 a 0 no primeiro jogo da final, dava ao Tricolor o título de campeão da Copa Rio, o Mundial de Clubes da época, organizado pela Fifa, CBD e prefeitura do Rio de Janeiro.

Oito equipes participaram do torneio. No grupo Rio de Janeiro, ficaram o Fluminense, o Peñarol, campeão uruguaio de 1951 e base da seleção campeão do mundo no Brasil no ano anterior, Grasshopper, campeão suíço da temporada 1951/52 e o Sporting Lisboa, campeão português da temporada 1951/52.

2

Na outra chave, sediada em São Paulo, o Corinthians, Saarbrücken, vice campeão alemão ocidental da temporada 1951/52, Libertad, vice campeão paraguaio, e Austria Viena, vice campeão austríaco. Os dois últimos, quando convidados para participar da Copa Rio, eram líderes das competições locais.

O Fluminense empatou na estreia com o Sporting e, posteriormente, venceu o Grasshopper, por 1 a 0, e Peñarol, 3 a 0. Nas semifinais, duas vitórias sobre o Austria Viena, por 1 a 0, e 5 a 2. Na decisão, fez 2 a 0 no Corinthians no primeiro confronto, e empatou no segundo por 2 a 2. Somando os dois públicos, mais de 104 mil pessoas foram ao Maracanã. A finalíssima teve mais de 65 mil espectadores.

3

Marinho e Orlando Pingo de Ouro, do Fluminense, foram os artilheiros do Mundial, ambos com cinco gols. O Tricolor, na decisão, formou com:  Castilho; Píndaro, Pinheiro (Nestor), Jair, Edson, Bigode, Telê (Robson), Didi, Marinho, Orlando Pingo de Ouro e Quincas.

 

Compre na Loja NETFLU o seu presente para o Dia dos Pais!