3Autor do gol que deu o bicampeonato brasileiro para o Fluminense, Romerito esteve perto de jogar no Vasco.  O rival do Tricolor na decisão do Nacional de 1984, que completa 30 anos nesta quarta-feira, tentou a contratação do paraguaio.

– Houve grandes possibilidades de eu jogar no Vasco. O Calçada (Antonio Soares, presidente cruzmaltino na época) me ligou e fez uma proposta, fiquei de responder no dia seguinte. Mas aí o Carlos Alberto Torres me telefonou, tínhamos amizade, e o Fluminense virou minha prioridade. Ele disse: ‘Queremos ser campeões e precisamos de você’. Aí, eu respondi: “Resolve meu problema com o Cosmos que eu vou – contou Romerito, que tinha 23 anos na ocasião.

O gol daquela conquista, segundo “Dom Romero”, era uma jogada corriqueira. Ele narrou o lance:

– O gol foi uma jogada que o Fluminense realizava normalmente. O Vasco estava no ataque, aí o Jandir roubou a bola e deu para o Tato, que levou à frente e abriu no canto esquerdo para o Assis. Ele já estava buscando o cruzamento para o Washington, mas eu estava chegando na área, e a bola sobrou para mim. Eu fiquei sozinho, chutei e já estava quase celebrando, mas o goleiro ainda rebateu, eu cutuquei e fiz o gol.


Sem comentários