Tanto lá como cá, o caos financeiro do Fluminense segue ressoando. Mesmo sofrendo com falta de repasse de verbas do clube das Laranjeiras, o STK Samorin segue seu caminho para a disputa da Liga Europa na próxima temporada. Nesta quarta-feira, a filial do Tricolor na Europa venceu o OFK Dunajská Lužná por 2 a 0, fora de casa, e avançou de fase na Copa da Eslováquia. Em paralelo a isto, os jogadores europeus que fazem parte da equipe ameaçam entrar em greve não só por conta dos atrasos, mas ainda devido ao corte de alimentação do restaurante parceiro da agremiação eslovaca, também por falta de pagamento.

Vale destacar que é a primeira vez na história do Samorin que o clube chega aos 16-avos de final da competição, que garante ao campeão uma vaga na Liga Europa (uma espécie de Copa Sul-Americana europeia) da temporada 2019/2020. Os gols foram marcados por Matheus Pato e Smehyl.

A vitória desta quarta-feira deixa o clube mais perto da competição continental. Faltam apenas cinco adversários no caminho do Fluminense de Samorin para a sua estreia na Europa League. O grande destaque do time nesta temporada é o atacante Matheus Pato. Um dos autores do gol do jogo, começa a chamar a atenção dos observadores europeus, que marcam presença constante no Estádio Pomlé. Quem também vem sendo sondado é o meia Smehyl. Caso o eslovaco seja negociado, o Fluminense, do Brasil, fica com 30% do valor envolvido e os outros 70% vão para o caixa do Samorin, diminuindo a necessidade de investimento do Tricolor no projeto.

O objetivo do Fluminense Samorin é subir para a primeira divisão da Eslováquia até a temporada 2019/20 e participar de uma competição europeia até 2021/22. Porém, o clube luta para tentar apressar estas metas, para que o projeto fique totalmente autossuficiente.