(Foto: Reprodução)

Neste domingo (11), o Brasil foi derrotado pela Argentina pelo placar de 1 a 0 e ficou de fora da Olimpíada de Paris. Começando no banco pela primeira vez no torneio por opção do técnico Ramon Menezes, o atacante do Fluminense, John Kennedy, que entrou no jogo aos 13 minutos da segunda etapa, comentou sobre o seu sentimento com o duro revés:

– Acho que é tristeza, mas da minha parte, principalmente vergonha. Seleção do tamanho do Brasil não pode ficar fora da Olimpíada. Tristeza, mas um pouco de vergonha. Pouco não, muita vergonha – disse, prosseguindo:


– Acho que faltou um pouco de querer ganhar. Faltou um pouco de chegar e fazer os gols, matar os jogos importantes. A gente pecou nisso. Levantar a cabeça, vida que segue. Não era o resultado que a gente esperava. Tem que seguir a vida e procurar coisas mais grandiosas – finalizou o camisa 9 do Fluzão.