Juniores: sem maior parte do time, auxiliar trabalha entrosamento

Juniores: sem maior parte do time, auxiliar trabalha entrosamento

Eduardo será o único titular na decisão do Carioca de juniores (Foto: Site oficial do Fluminense)

Como o Fluminense excursiona com a garotada pela Europa, o time para enfrentar o Flamengo, sábado, em Moça Bonita, na final do Carioca de juniores, estará muito modificado. Com apenas o meia Eduardo de titular, o auxiliar-técnico  Edevaldo de Freitas, que comandará a equipe (o treinador Marcelo Veiga também está na excursão), trabalhou o entrosamento do grupo e também aposta nas bolas paradas para ficar com o título.

– Precisei trabalhar a parte do entrosamento, pois este grupo nunca jogou junto. Treinamos muito a parte tática, a marcação e a subida rápida no contra-ataque, já que o Flamengo será obrigado a partir para o ataque em busca do resultado. Trabalhamos muito a bola parada e o lado psicológico deles também. Acredito que todos entenderam o que eu quis colocar. Se forem determinados para a partida, certamente teremos êxito – disse.

O Fluminense tem boa vantagem na decisão. Depois de ganhar a ida por 3 a 0, pode perder por até dois gols para ficar com o título.