Kauã Elias é o jogador mais novo a disputar uma partida de Libertadores pelo Fluminense (Foto: Marcelo Gonçalves - FFC)

Com a decisão do Fluminense de levar um time inteiro de reservas para a altitude de La Paz, na Bolívia, o atacante Kauã Elias, do Sub-17, teve a oportunidade de fazer sua estreia no profissional do clube no jogo contra o The Strongest (BOL), pela Libertadores. Em entrevista, o jovem contou um pouco dos bastidores e uma conversa com Diniz.

– Fiz um treino (no CT), e no outro dia me disseram que eu ia treinar no profissional de novo. Fui para o treino normal, mas quando acabou falaram que eu ia para o jogo. Fiquei muito feliz, a família também ficou muito orgulhosa. Foi tudo muito rápido. Ficou uma esperançazinha de estrear porque já tinha jogado em altitude – disse ele, recordando:


– O Sul-Americano (Sub-17) foi em Quito. Mas lá em La Paz era muito pior, no aquecimento já deu para sentir. Eu e Diniz não conversamos muito. Mas ele falou para eu continuar do jeito que estou, sem medo de jogar, que idade é só um número – contou Kauã.