(Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

A Europa está atenta à base tricolor. Não bastasse os olhos do Barcelona (ESP) e do Porto (POR), agora dois clubes ingleses, sendo um deles velho conhecido em negociações com o Fluminense, acompanham a joia Kauã Elias.

A partir de apuração, o NETFLU descobriu que o Brighton (ING) e Watford (ING) também têm monitorado o atacante. Recentamente ajudou a seleção brasileira a conquistar o título do Sul-Americano sub-17, garantindo vaga na Copa do Mundo da categoria, que acontecerá em novembro. Kauã foi um dos artilheiros da competição com cinco gols. Nenhuma proposta oficial, contudo, foi feita até o momento.


Em relação ao Watford, o Fluminense nos últimos anos já negociou três atletas com os ingleses, curiosamente, todos atacantes: Richarlison, em 2017, João Pedro, em 2020, e Matheus Martins no ano passado.

O grande “boom” da carreira da cria tricolor ocorreu em excursão internacional realizada pelo Fluminense no ano passado. Ele foi autor de 16 gols nos 16 jogos em que esteve em campo, terminando como artilheiro dos três torneios e ainda foi eleito o melhor jogador da Geneva Cup. Por lá, enfrentou clubes do quilate de Roma, Lazio, Tottenham, Southampton, Arsenal e Fenerbahçe.

Kauã Elias é mineiro, natural de Uberlândia, e começou a jogar bola na cidade em uma escolinha de futsal do Praia Clube. Aos 11 anos, foi levado em 2017 para fazer teste em Xerém, nas categorias de base do Fluminense, e por lá ficou após ser aprovado.

Após aproximadamente cinco anos no clube, ele assinou o seu primeiro contrato profissional no meio do ano passado, com validade até dezembro de 2026 e multa rescisória de cerca de R$ 280 milhões para o exterior.