Lutador “tricolor” ganha título no UFC e provoca rubro-negro Aldo

Lutador “tricolor” ganha título no UFC e provoca rubro-negro Aldo

Anthony Pettis viu jogo da Libertadores em São Januário junto à torcida tricolor
Anthony Pettis viu jogo da Libertadores em São Januário junto à torcida tricolor

O “tricolor” Anthony Pettis conquistou na noite do último sábado o título dos pesos leves (até 70 kg) do Ultimate Fight Championship (UFC) ao vencer o campeão Ben Henderson no primeiro round com uma finalização numa chave de braço em luta que aconteceu em Milwaukee, nos Estados Unidos. O americano ainda aproveitou a oportunidade para provocar o rubro-negro José Aldo, detentor do cinturão nos penas (até 66kg).

Depois de finalizar o também americano Ben Henderson, Pettis disparou contra o lutador brasileiro, torcedor declarado do Flamengo.

– Joe Silva (responsável por casar as lutas), vou deixar as coisas fáceis para vocês. Eu e José Aldo temos um assunto pendente – provocou.

A “identificação” de Anthony Pettis com o Fluminense começou por influência de seu treinador de jiu-jitsu, o tricolor Diego Moraes. Ele enfrentaria José Aldo no Brasil, mas uma lesão o impediu de lutar. Como forma de provocação ao rival, “adotou” o clube das Laranjeiras.

Pettis chegou a assistir ao jogo do Fluminense contra o Emelec pela Libertadores em São Januário junto à torcida tricolor.