Ao Jornal O Globo, Andreia Oliveira, mãe de Christian, uma das vítimas da tragédia no CT Ninho do Urubu, no Flamengo, revelou uma carta enviada pelo Fluminense logo após o incidente. A homenagem conta com uma lembrança à atuação do goleiro de 15 anos em uma final contra o Time de Guerreiros e foi classificada pela mãe como a demonstração de carinho mais emocionante que recebeu. Confira a carta:

“Dona Andreia e seu Cristiano,

No esporte, é normal buscar explicações após uma derrota. Mesmo quando os derrotados são apenas meninos. Para que aprendam, sigam tentando e se superem em busca da vitória na próxima vez.


Certa vez, perdemos um título após dois grandes jogos diante de um rival. Em ambos, uma das explicações estava debaixo da meta contrária: Christian. Nas Laranjeiras, uma defesa digna de Seleção. Na Gávea, decisivo na disputa por pênaltis sob os gritos de “Melhor goleiro do Brasil”, entoado por vocês. Um grande adversário serve de motivação na busca pela excelência. E os Moleques de Xerém tinham em Christian uma referência para sempre buscarem o melhor de si.

Recebam esse presente como símbolo de todo nosso carinho. E também como forma de agradecimento e respeito.

‘Não perca o juízo. Não perca a essência que você tem, que é a humildade. Seja você, não mude nada por ninguém.’

Que muitos ‘Christians do Futuro’ apareçam em Xerém, Vargem Grandes e Turiaçu e onde mais houver um menino que se jogue no chão em busca da bola.

Saudações Tricolores,

Fluminense Football Club”.