Por contrato, consórcio é responsável por cuidar de toda a operação (Foto: Bruno Haddad/FFC)

A Lagardère é uma das candidatas a administrar o Maracanã e, exceto o Flamengo, negocia com os demais grandes clubes cariocas. O Rubro-negro deu preferência ao outro consórcio, GL Events, e diz não negociar com a Lagardère. Em relação ao Fluminense, as conversas visam uma mudança contratual.

A Lagardère apresentou um plano para a utilização do Maracanã pelo clube com mudanças no contratual atual do Flu com o Consórcio. Aumentaria a participação do clube na gestão e em receitas, mas em troca o time tricolor teria de contribuir com despesas operacionais. Há também uma proposta de parceria de marketing com o time das Laranjeiras.

As conversas da empresa francesa com os clubes, no entanto, estão em compasso de espera da resolução da disputa com o Maracanã.