(Foto: Mailson Santana)

O caso de racismo no jogo do PSG (FRA) pela Liga dos Campeões, nessa última terça-feira, correu o mundo. Jogadores de ambos os times deixaram o gramado após o quarto árbitro proferir um comentário racista a um integrante da comissão técnica do clube turco.

A manifestação dos atletas foi comentada por Marcão, técnico do Fluminense, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, no CT Carlos Castilho. No ano passado, o treinador participou de uma campanha de anti-racismo com o técnico Roger Machado, na época no Bahia.

– Acompanhei por alto. Não vi a matéria toda. Logo mais vou ver se ligo pros amigos de Paris. O que vimos, o movimento foi muito interessante, muito forte. Essa é a mensagem que temos de deixar. Um caso sério e temos de fazer esse movimento juntos. Tudo que acompanhamos, as duas equipes estão de parabéns pelo que vivemos não podemos aceitar tal afronta. Temos de ser anti-racista. Que isso sirva de exemplo a todos nós. Temos de enaltecer – disse.