Foto: Mailson Santana

Na base, Martinelli se caracterizou como um segundo volante, jogador de toque de bola e de chegada na área para finalizar ou tentar uma tabela. Nos profissionais, porém, o jovem revelado pelo Fluminense tem atuado na frente da zaga. Ele comentou sobre na entrevista coletiva desta sexta-feira no CT Carlos Castilho.

– Eu sempre consegui ter uma boa chegada dentro da área, mas aí a gente tenta sempre se encaixar no que o treinador pede. E o Marcão sempre pediu para eu fazer a saída de bola. Procuro fazer o trabalho que o professor pede, porque ele sabe o melhor para o elenco, para o time. Tento sim chegar dentro da área, mas com responsabilidade para não abrir tanto o setor onde estou atuando.

Martinelli deve seguir na equipe titular para o clássico de domingo com o Botafogo, às 20h30, em São Januário.