2Sandro Meira Ricci é apontado por torcedores rivais do Corinthians como um árbitro que, coincidentemente, costuma beneficiar o time do Parque São Jorge. Porém, recentemente, é o Alvinegro paulista quem tem um “pé atrás”. O árbitro de Brasília foi duramente criticado pelos jogadores do Corinthians após o clássico com o São Paulo, no Morumbi, pela primeira fase da Libertadores deste ano, quando expulsou dois jogadores do lado alvinegro, Mendoza e Emerson Sheik, e um do Tricolor, Luis Fabiano. O técnico Tite diz estar atento:

 

– O Corinthians é um dos mais disciplinados do campeonato, o que mais desarmes faz, um dos que menos falta faz, outro dia foi expulso o Felipe injustamente… A gente vai continuar batendo nessa tecla, quero que o atleta concentre em jogar, mas ficaremos focados para que o árbitro tenha critério igual, não queremos privilégio, mas ninguém é bobo.

Neste ano, Meira Ricci já prejudicou o Fluminense. No clássico com o Flamengo, expulsou Giovanni diretamente por uma falta simples no início do segundo tempo. Em 2011, no confronto entre Botafogo e Corinthians, beneficiou os paulistas por três vezes:  No primeiro, Elkeson foi derrubado na frente da área, mas a falta não foi dada. Em seguida, o Corinthians teve pênalti marcado em lance de impedimento não assinalado. Por fim, no segundo tempo, Jadson, do Bota, foi derrubado dentre da área por Ralf, porém a infração não foi marcada.


Sem comentários