Entre os dias 25 de novembro e 1 de dezembro, os Moleques de Xerém se uniram ao projeto Onda Solidária para participar de atividades socioeducativas com crianças e jovens de comunidades do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Parceira do Fluminense há 10 anos, a ONG tem sede no Brasil e na Inglaterra e busca promover a inclusão social através da educação e do esporte, além de resgatar a história entre os dois países.

Para dar o ponta pé inicial na semana de atividades, o Fluminense recebeu os jovens dos projetos Onda Solidária e Onda Esportiva para um torneio em Xerém com os meninos das categorias Sub-16, Sub-14 e Sub-12. Houve a arrecadação de 225kg de alimentos não perecíveis, que serão doados para o INCA, para a creche Novo Palmares de Vargem Grande e para o Natal Solidário de Santana do Deserto (MG).

No dia 29, foi a vez dos Moleques do Sub-15 irem até Santana do Deserto, em Minas Gerais, para participar de construção de uma escola verde, que é parte de um eco centro social chamado Vila dos Sonhos. Além disso, participaram de atividades de construção ecológica e plantaram mudas da Mata Atlântica. Após as atividades manuais, os jovens conheceram o projeto e fizeram uma palestra sobre motivação, sonhos e inspiração para mais de 200 crianças da escola municipal da cidade.

O tour seguiu para o bairro de Ericeira, onde a Onde Solidária desenvolve o projeto Onda Esportiva Ericeira, que conta com projetos e atividades diárias na parte do futebol e é liderado por jovens. Ricardo Calçado, fundador e presidente da Onda Solidária, comentou a participação dos meninos do Flu.

– Foi um momento maravilhoso, os Moleques de Xerém realizaram vários jogos com as crianças e adolescentes da região, a comunidade se envolveu e preparou um lanche para todos. Acho que todos ficaram encantados – disse o parceiro do Tricolor.