MP aumenta prazo para apresentação de laudos do Maracanã

MP aumenta prazo para apresentação de laudos do Maracanã

Primeiros documentos apresentados pelo Maracanã não estavam de acordo com especificações
Primeiros documentos apresentados pelo Maracanã não estavam de acordo com especificações

Após solicitação do consórcio, o Ministério Público aumentou em mais 30 dias o prazo para a exibição dos laudos que garantem a segurança do Maracanã após sua reforma estrutural. Segundo nota oficial do MP, também não há pedido de fechamento do estádio.

O órgão já havia recebido documentações exigidas por lei do estado do Rio de Janeiro, mas estes não estariam de acordo com especificações técnicas da portaria 124/2009 e do decreto 6795/2009, ambos do Ministério do Esporte. Tanto CBF quando Ferj já foram notificados sobre a necessidade da apresentação de novos laudos, mas ainda não se pronunciaram. O objetivo é “verificar se o local está atendendo às regras técnicas para seu funcionamento”.

Confira a nota oficial divulgada pelo MP:

“O Ministério Público expediu ofício ao Consórcio Maracanã S.A. e à CBF para requerer laudos referentes à segurança do estádio. O objetivo é verificar se o local está atendendo às regras técnicas para seu funcionamento. Não há pedido para fechamento do estádio. O MPRJ concedeu nesta quarta-feira (18/09), a pedido da Concessionária, mais 30 dias para o cumprimento da exigência. A CBF ainda não se manifestou sobre os laudos.”


Sem comentários