Na Coreia do Sul, campeão de 2010 recorda título pelo Flu

Na Coreia do Sul, campeão de 2010 recorda título pelo Flu

Rodriguinho diz que ano de 2010 foi abençoado (Foto: Photocamera)
Rodriguinho diz que ano de 2010 foi abençoado (Foto: Photocamera)

Hoje no Jeju United, da Coreia do Sul, Rodriguinho só tem boas recordações do Fluminense. Contratado em 2010 após bom Campeonato Paulista pelo Santo André, o atacante sagrou-se campeão brasileiro daquele ano e com uma participação importante, fazendo gols na campanha. Ele lembra como foi:

– Muitos não acreditavam, até mesmo na minha própria família, que poderia acontecer o que ocorreu em 2010. Mas sempre tive o sonho de ajudar meus pais, dar a eles uma condição melhor. Por mais que passasse dificuldades em alguns lugares, sempre pensei neles (familiares), acreditando que chegaria a um time grande. E, graças a Deus, não fui para o Fluminense ser campeão no banco. Joguei na maior parte do campeonato, fiz gols. Foi um ano abençoado.

Ao comentar os destaques daquele time, Rodriguinho, mesmo fazendo elogios aos demais companheiros, exalta a participação de Conca, eleito o craque da competição.

– Ali, eram todos grandes jogadores, mas o Conca vivia o melhor momento. Dos gols que fiz, a maioria deles saíram em passes ou jogadas dele. Lógico que também tinha o Deco, que era fora de série, e o Fred, que apesar das lesões, era um cara que sempre ajudava nos treinos, passava confiança. Todos lá foram importantes, mas creio que o primordial foi o Conca. Acho que 60% da campanha passou por ele – comentou.


Sem comentários