Foto: Divulgação/FFC)

Em entrevista após a vitória do Fluminense por 2 a 1 sobre o Coritiba, no Maracanã, o zagueiro Nino confirmou que a comemoração de John Kennedy no segundo gol tricolor no jogo foi uma “homenagem” ao ex-atacante Fred. O camisa 9 se jogou no chão e colocou as mãos na cabeça.

A cena faz alusão ao episódio delicado que o atual dirigente e ídolo tricolor passou na última quinta-feira. Fred foi assaltado na Zona Sul do Rio de Janeiro e teve seu carro levado. Nas imagens da câmera de segurança, o segundo maior artilheiro da história do Flu aparece deitando no chão e fazendo o gesto.


– O ponto alto do jogo foi a comemoração do John Kennedy. Vou contar a história toda. O Fred é o tipo de cara que, se isso acontecesse com qualquer outra pessoa, ele zoaria muito. Desde que aconteceu isso, a gente fez uma análise do vídeo, analisou os pontos altos, a velocidade com a qual ele se jogou no chão (risos). Hoje quando chegamos no hotel, perguntei ao Paulo Angioni, que é um cara muito sério: “Seu Paulo, cadê o Fred? Ele está sempre aqui”. Ele disse que o Fred estava meio abalado. Então a gente combinou que, quando ele chegasse no hotel, todo mundo ia se jogar no chão para mostrar apoio a ele. Ele não foi para o hotel, então combinamos que quem fizesse um gol ia fazer uma homenagem. O John Kennedy não conseguiu simular a velocidade dele para se jogar, na hora do medo ele foi muito rápido (risos). Mas fica aí a nossa homenagem, muito bem pensado e muito bem executada.. O Cano é mais tímido nesse sentido, mas o John Kennedy bateu no peito e disse: “Não, deixa comigo, o Fred vai ser homenageado”. Bom demais, o Fred merece essa homenagem – concluiu o zagueiro, com bom humor.