(Foto: Marcelo Gonçalves - FFC)

Depois de figurar por um bom tempo no banco de reservas, Nonato ganhou oportunidade na vitória de 2 a 0 sobre o Avaí, no último domingo, no Maracanã, e tende a permanecer no time titular. O volante explicou como é sua função e quais as exigências do técnico Fernando Diniz, com liberdade para avançar, mas também ajudando na composição e saída de bola.

— Ele me dá liberdade de chegar ao ataque, como eu gosto de fazer e tenho característica. Mas pede para sempre que a bola sair de trás, eu estar junto dos zagueiros e volantes e laterais para a saída de bola. É um ponto chave pro esquema dele, todo mundo sabe. O time sai com qualidade de trás. Quem está no time, tem de dar essa qualidade. Temos jogadores muito qualificados. Posso chegar no ataque, mas tenho de estar junto na construção e recomposição, que é fator chave no jogo dele – disse.

O Fluminense volta a campo na quinta-feira, contra o Cruzeiro, no Maracanã, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil.