“Obra rápida” deve permitir reabertura do Engenhão ainda em 2013

“Obra rápida” deve permitir reabertura do Engenhão ainda em 2013

Principal estádio de futebol do Rio de Janeiro desde que o Maracanã ficou fechado, passando por reformas para as Copas do Mundo e das Confederações, o Engenhão foi interditado, no dia 26 de março, por conta de problemas em sua cobertura.

De acordo com o portal Uol Esportes, o prefeito da Cidade Maravilhosa, Eduardo Paes, tomará uma decisão definitiva sobre o estádio até o dia 13 de junho. O político estuda a possibilidade de reabrir o estádio ainda em 2013 através de uma obra “rápida e eficiente”. Existe outra opção – tratada como improvável -, de uma intervenção mais demorada e que manteria a arena fechada até 2014. Tal caminho esbarra na obrigatoriedade da realização de reformas mais caras, o que está longe de ser o plano de Paes.

Enquanto isso, o presidente da comissão instaurada para acompanhar o caso Engenhão, o vereador Rafael Aloísio de Freitas explica que a Prefeitura tem como objetivo manter a segurança do público, mas que quer resolver o problema o quanto antes. Segundo ele, as autoridades não têm interesse em manter o estádio interditado e priorizam deixar a arena pronta para ser usada pelos clubes cariocas o mais rápido possível

– O Engenhão é um estádio lindo e muito útil para os times do Rio de Janeiro. Existem algumas possibilidades a serem tomadas, mas a decisão sairá após esse pedido de 15 dias. A Prefeitura está inclinada a realizar uma obra tecnicamente eficiente, rápida e barata. Dessa forma, se for escolhida essa opção, não descarto a reabertura do estádio ainda em 2013 – disse o presidente da comissão.